Ópio para agora

“Instinto”, texto inédito na Revista Paradoxo.

(…) Quando te vi naquela boate esfumaçada, atrás de uma pilha de copos e garrafas vazias, alguma coisa pareceu apitar dentro de mim. Era muito mais do que uma simples atração. Você era linda, claro, e aquele vestido de listras vermelhas e brancas só fazia com que isso parecesse mais evidente. Mas o que eu senti quando te vi ia muito além dessa simples constatação. Era uma certeza daquelas que a gente só sabe porque sabe, e nem explicar consegue. Era uma certeza absoluta. (…)

Quer ler a Ópio no Café completa? Clicaqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s