Primeiro Ópio de 2010

Texto inédito na coluna da Paradoxo:

Acordo todos os dias e te dou bom dia. Faço o primeiro xixi da manhã e você passa pela porta do banheiro fazendo um rabo de cavalo. Jogo água gelada na cara para acordar direito, levanto o rosto e você está me olhando pelo espelho, o sorriso congelado de quem é feliz exatamente naquele momento. Abro o meu pão com uma faquinha de serra e você está na cadeira ao lado, mexendo o açúcar no seu café com a calma de quem não tem compromisso nenhum de manhã (…)

Quer ler tudinho? É só clicar aqui e ir pra lá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s